A+ A A-
21 Dez. 2011

Museu Terras de Besteiros ganha prémio da Associação Portuguesa de Museologia

Realizou-se na segunda-feira, dia 12 de dezembro, no BES Arte e Finança, ao Marquês de Pombal, Lisboa, novo espaço multiusos do Banco Espírito Santo, onde arte e finança convivem num conceito inovador em Portugal, a cerimónia de atribuição dos Prémios APOM 2011.

 

Todos os anos, a Associação Portuguesa de Museologia celebra este evento, premiando os museus portugueses em diversas categorias, com a atribuição de prémios e menções honrosas. Uma prova da vitalidade cultural do país, em que os museus desenvolvem de norte a sul, políticas planeadas e estruturadas para públicos muito diversos.

A APOM lançou este ano a concurso 20 categorias: prémios incorporação, projecto internacional, informação turística/visitante, instituição, mecenato, melhor intervenção em conservação e restauro, melhor trabalho de museografia, melhor estudo sobre museologia, melhor transporte de património, melhor aplicação de gestão e multimédia, melhor comunicação on-line, melhor site, melhor trabalho jornalístico, melhor trabalho na área da museologia, melhor serviço de extensão cultural, prémio inovação e criatividade, melhor catálogo, exposição, museu português e prémio personalidade na área da museologia.

Na categoria de MELHOR APLICAÇÃO DE GESTÃO E MULTIMÉDIA, o museu municipal de Tondela Terras de Besteiros arrecadou uma MENÇÃO HONROSA, atribuída por aquela Associação de Museologia, pela qualidade de apresentação dos seus conteúdos multimédia/apresentações audiovisuais, reveladora do caminho traçado com êxito e sucesso pelo Município de Tondela, pelo Pelouro da Cultura e equipa técnica do museu municipal. De parabéns igualmente a Edigma, empresa do ramo tecnológico que concebeu os componentes multimédia/audiovisuais, assim como a empresa Arqueohoje de Viseu.

 

Inaugurado a 16 de Setembro de 2010, passou a ser, sem sombra de dúvidas, a grande montra cultural da Cidade de Tondela. A visão de um Museu de Território que se quer para o Concelho de Tondela e para a Região, nas suas diversas vertentes, diacrónica (histórica), etnográfica, as novas tecnologias, é uma porta aberta para a história e para o futuro. Com o novo paradigma do discurso deste museu, a componente tecnológica e multimédia – Tangitable para o Património Cultural e Arqueológico na sala A Ferro e Fogo, ecrãs touchscreen para as salas do Território, do Barro Negro e a Estância Sanatorial, aplicação multimédia na qual se utiliza a Besta como jogo para interagir num cenário de guerra, caça e paz, além de ecrãs audiovisuais nas salas do território e do Futuro -, será factor cultural, de cidadania, de modernidade e de interacção pedagógica. A Menção Honrosa agora atribuída afirma um Concelho cheio de vitalidade, em permanente movimento, com forte intervenção cultural e cívica junto dos seus munícipes.

 

Divisão de Cultura

Museu Terras de Besteiros

 

Agenda de eventos (2)

Próximos eventos (2)

Sorry, no events.

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife